Sono pós-parto: como conseguir seguir uma rotina de sono normal mesmo com um recém-nascido em casa?

Sono pós-parto: como conseguir seguir uma rotina de sono normal mesmo com um recém-nascido em casa?
Bebês Consultoria Dicas

A gravidez traz inúmeras mudanças na vida das mamães, e com a chegada do novo membro da família, descansar o necessário é uma tarefa complicada.

Quando o bebê nasce, os momentos de descanso dependem do sono dele, e às vezes não é possível pegar no sono nem com a oportunidade.

A maternidade exige muito colo, contato físico e a formação de um vínculo que resulta em noites (muito) mal dormidas, mas nós temos uma ótima notícia! Isso não é pra sempre e é possível contornar as dificuldades com as informações e ajuda corretas.

Puerpério

A fase que acompanha do nascimento até os primeiros meses de vida do bebê é chamada de puerpério. Nessa etapa, algumas mães chegam a dormir apenas 2 horas contínuas por noite e a saúde da mamãe é deixada de lado para cuidar da criança.

A mudança radical de rotina é o principal fator do cansaço nessa fase, principalmente com as mamães que devem ficar sempre alertas e disponíveis para frequentes mamadas.

Qual a importância do sono?

Enquanto dormimos, os neurônios trabalham para reparar os danos causados no dia, como por exemplo o estresse e raios ultravioleta. O nosso sistema imunológico se fortalece e há liberação de hormônios.

A produção de proteína também acontece durante esse período. As moléculas formam os blocos de construção das células, permitindo os neurônios a fazer seu trabalho noturno.

O hormônio leptida e o do crescimento, por exemplo, são produzidos durante o sono. Crianças liberam o segundo hormônio em maior quantidade, por isso o sono deles também é primordial (quando envelhecemos, o hormônio também é liberado, mas em doses menores).

O corpo descansa, os músculos relaxam, você dorme, mas o cérebro se ocupa: faz conexões entre eventos, sentimentos, memórias e estímulos sensoriais.

O sono ajuda na memória e estimula o processo criativo. Ele é crucial por ser a fonte de energia que mantém a mente alerta e tranquila, assim como uma bateria recarregada após a noite de sono.

Porque é necessário o repouso no pós parto?

A produção de leite pode ser completamente afetada pela falta de sono. O pico de prolactina acontece na madrugada, período fundamental para aumentar o leite e renovar as energias.

Com a mamãe sem dormir a paciência se esgota mais rápido, as mamadas noturnas tornam-se irritantes e desprazerosas, e seu mau humor será sentido pelo bebê.

Saiba diferenciar cansaço e depressão pós-parto

O extremo cansaço e o desespero podem ser normais no começo, ou podem ser sinais de outras doenças que estão por vir, como é o caso da “baby blues” – que atinge 80% das novas mamães.

O que é “baby blues”?

Baby blues é o quadro mais leve no pós-parto. Costuma dar sinais no quarto ou quinto dia após o parto, e termina involuntariamente em 15 ou 20 dias.

Os sintomas mais comuns são choro fácil e sem razão aparente, irritabilidade, agressividade fora do comum e alterações de humor em geral. Não é necessário um tratamento medicamentoso, mas sim cuidados especiais com a mamãe nessa fase do puerpério.

Então o que é a depressão pós-parto?

É uma doença psíquica que necessita de acompanhamento. Pode surgir duas semanas após o parto ou nos três primeiros meses da criança, pois toda essa nova fase é marcada por intensas mudanças de vida.

Os sintomas são muito mais intensos do que no quadro leve e chamam atenção, como falta de apetite, incapacidade de cuidar do bebê, sentimento contínuo de culpa, ansiedade, tristeza persistente, exaustão demasiada, insônia, alteração de peso, de sono, entre inúmeros outros.

Aqui está a dificuldade: diferenciar de um simples cansaço, pois os sintomas são queixas comuns à maioria das mães no pós-parto. Por isso, é necessário ter ajuda de toda a família, principalmente do(a) companheiro(a).

Tento descansar, mas meu bebê não dorme. E agora?

Amamente sempre que ele pedir, observe as necessidades e preferências da criança, estabeleça uma rotina da família e tenha apoio. Quanto mais cansada você estiver, mais instável o bebê vai ficar.

Se tem medo de descansar ou pegar no sono e não escutar seu filho caso algo aconteça, invista em babás eletrônicas. Assim você estará sempre de ouvidos e será impossível não acordar caso comece uma crise de choro.

A rotina faz toda a diferença!

Estabeleça uma rotina de sono e bons hábitos. Bebês gostam de rotina pois trazem segurança, então estabeleça horários e rituais para que ele acostume com o momento de dormir, e assim saberá os momentos de aproveitar com você mesma!

Separamos algumas dicas para que você possa aproveitar o seu bebê descansada:

  • Descansar nem sempre significa dormir. Se seu filho está dormindo, aproveite para fazer algo que goste, atenta à respiração para se acalmar ainda mais.
  • Alimente-se bem, ajude a si própria com uma dieta saudável (sem perder peso!). Corte refrigerante e tudo que não faça bem.
  • Tenha apoio do(a) companheiro(a). Saiba quando pedir e aceitar ajuda, pois você não é a única responsável pela criança!
  • Durma enquanto o bebê dorme, é a melhor oportunidade de descanso.
  • Não se sinta na obrigação em receber todas as visitas! Às vezes as pessoas não entendem que tudo que você precisa no momento é descansar.
  • Reduza o uso de aparelhos eletrônicos. Sabemos que é tentador poder mexer nas redes sociais enquanto o bebê tira uma soneca, mas aproveite para “sonecar junto”!
  • Ajeite-se! A postura correta é imprescindível para um sono de qualidade, e a posição mais indicada é a de lado: utilize um travesseiro de apoio para a cabeça, formando um ângulo de 90º no pescoço, e semi flexione os joelhos com um travesseiro entre eles.

Calma, Mommy, o cansaço não é eterno!

Não se desespere! É preciso entender que as noites mal dormidas não durarão para sempre, pois se trata de um período de adaptação, e com a formação de rotina isso se ajustará.

Até os 4 meses de idade, é comum que os papais percam o sono, pois a criança precisa de atenção noturna. Posteriormente, os bebês começam a se alimentar em intervalos maiores de tempo, e após os 6 meses permitirá o descanso necessário para os pais.

Caso necessite de ajuda extra, existem consultorias que têm como objetivo ajudar a família nessa fase, como a Mommy’s Angel Consultoria Materna. As profissionais identificam as dificuldades de cada família e assim elaboram um plano de sono e rotina personalizados, sempre orientando a família e todos os envolvidos no dia a dia da criança.

O descanso do bebê resulta no seu descanso também, e estamos aqui para te ajudar!

Artigos Relacionados

Laserterapia na mama: ela pode salvar a amamentação

Mommy´s Angel

Tipos de mamilos e amamentação

Mommy´s Angel

O sono da mamãe e do bebê

Mommy´s Angel

1 comentário

Daniela 29 de janeiro de 2020 at 12:36

Excelente matéria!! Nossa..eu também sofria bastante com meu filho pequeno, lembro até hoje que comprei um livro digital que me ajudou demais a cuidar dele com saúde. Abaixo está o link do livro digital.
http://bit.ly/manualonlinedobebe

Resposta

Deixe um Comentário