Semana Mundial de Aleitamento Materno

Semana Mundial de Aleitamento Materno
Amamentação Leite Materno

Estamos no mês dourado, encabeçado pela campanha “Agosto Dourado”

A campanha é celebrada com mais força no início do mês, de 1 a 7 de agosto, com a Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM).

Dada a relevância do tema, que faz parte de uma história focada na sobrevivência, proteção e desenvolvimento da criança, a campanha foi estendida para todo o mês.

E porque a cor dourada?

Porque o leite materno é um alimento de qualidade OURO para bebês e crianças.

Para este ano, o slogan escolhido não poderia ser melhor, que é “apoiar a amamentação para um planeta mais saudável”, já que o leite materno é o alimento mais natural, seguro e renovável que há.

O aleitamento materno é promovido logo após o nascimento do bebê, independentemente do tipo de parto, no contato pele a pele, se as condições da mãe e do recém-nascido assim o permitirem. Isso estimula o vínculo afetivo entre ambos.

A consultora materna-infantil e CEO da Mommy’s Angel, Cíntia Matieli, estará interagindo com seu público, durante toda a semana no Instagram, para enfatizar a importância do ato de amamentar. Corre lá e participe!

“As sucções estimulam importantes hormônios maternos que favorecem a saúde e imunidade da mãe e do bebê. Este alimento é muito importante para ambos já que protege e auxilia o bebê no crescimento e desenvolvimento, além de participar como defesa contra as infecções e evitar alergias.

Para a mãe, ajuda o seu corpo a voltar à normalidade, além de muitos outros benefícios, por exemplo, evitar possíveis doenças futuras, como o câncer de mama.”, explica.

A importância da amamentação para quem está começando

Amamentar no peito é o sonho de muitas mulheres, mas também pode ser uma das maiores preocupações. Isso porque é um momento cercado de mitos e de palpites, que podem confundir a mãe de primeira viagem.

O primeiro passo para se livrar dessas dúvidas é se informar por meio de fontes confiáveis e procurar conversar com especialistas na área como o pediatra de confiança ou a consultora materna.

Preparamos a seguir, algumas dicas práticas para que você, mamãe de primeira viagem, possa conduzir o seu processo de amamentação de forma correta e tranquila, sem stress.

Preparando as mamas

Muito se fala sobre a preparação para amamentar, mas saiba que ela não é necessária. Pegar um pouco de sol nas mamas durante o período da manhã já é suficiente. Nada de usar cremes, sabonetes, pomadas e outros produtos que tenham odores fortes, pois podem interferir na amamentação.

Posicionando o bebê corretamente

Existem diversas posições em que o bebê pode ser amamentado. A ideal é aquela que mantém você e o seu filho mais confortáveis. Deitada de lado, por exemplo, é uma ótima maneira de descansar enquanto amamenta.

Poltrona e travesseiros de amamentação também podem ser de grande ajuda. temos um post em nosso instagram com dicas valiosas e ilustrações práticas sobre as melhores posições para amamentar. O link está aqui: https://www.instagram.com/p/CC6q9iEnRIg/

A pega correta

Muitos problemas com lesões nos mamilos vêm da pegada incorreta. O ideal é que o bebê abocanhe toda a aréola, ou seja, a parte escura da mama. Se ele pegar apenas no mamilo, a probabilidade de machucar a mama é grande. Por mais que a boquinha do recém-nascido seja pequena, não a subestime. Ela é capaz de alcançar toda a região.

Tenha sempre uma mão livre para ajudar seu bebê na pega correta. Repare na posição dos lábios do pequeno, que devem estar voltados para fora, como “boca de peixinho“. É importante que o queixo encoste na mama para que a língua cumpra a sua função. Também temos um post no instragram sobre a pega correta, veja: https://www.instagram.com/p/CBoEcLmlWla/

Produção de leite

É comum as mamas ficarem cheias nos primeiros dias de vida do bebê. Com o tempo, elas esvaziam e não vazam mais como antes. Nessa hora, muitas mães ficam preocupadas, achando que o leite está secando. A verdade é que a mama está ajustando a sua produção, pois ela é fábrica, não estoque.

Durante a mamada, a sucção estimula a fabricação do leite na mesma hora. Quanto mais o bebê suga, mais leite é produzido. Então, não se preocupe se isso acontecer com você. Continue amamentando, e a produção de leite será mantida.

Veja nosso blog-post sobre a produção de leite:
https://mommysangel.com.br/atitudes-imprescindiveis-para-estimular-a-producao-de-leite-materno/

Armazenamento do leite

Muitas mamães precisam voltar ao trabalho ou se ausentar por outro motivo, o que as impede de amamentar no peito por algumas horas diárias. Nesse período, o armazenamento do leite materno é a melhor solução.

É possível resfriar ou congelar o leite para utilizá-lo quando for necessário. Essa prática é totalmente segura, quando feita com os devidos cuidados. Dessa maneira, você continua oferecendo o melhor alimento para o seu filho, mesmo não estando presente.

Fontes:
http://divinaprovidencia.org.br/noticias/2020/08/01/agosto-dourado-mes-do-aleitamento-materno/
https://blog-pt.kinedu.com/mae-de-primeira-viagem/

Artigos Relacionados

Agosto Dourado: mães com covid-19 devem continuar amamentando

Mommy´s Angel

A introdução alimentar e a importância da amamentação prolongada

Mommy´s Angel

Guia Completo de Amamentação

Mommy´s Angel

Deixe um Comentário