Está com problemas para amamentar?

Está com problemas para amamentar?
Amamentação

Saiba quais os problemas mais comuns que podem estar prejudicando o seu aleitamento

Sabemos que o melhor presente que uma mãe pode dar ao seu filho (a) é alimentá-lo com leite materno desde o nascimento. Mas, também temos consciência de que nem sempre é fácil realizar a amamentação com sucesso, especialmente se você for uma mãe de primeira viagem ou se já tem histórico de insucesso em amamentação anterior.

Por isso, é preciso estar bem informada para que o aleitamento não seja um fardo em sua vida e, sim, uma dádiva. Conhecimento é tudo! Então vamos lá!

Ducto bloqueado ou mama empedrada/ingurgitada

Esse problema é provocado pelo esvaziamento incompleto de um ou mais canais. Nesse caso, o leite do alvéolo mamário não drena, pois o mesmo encontra-se endurecido bloqueando o canal daquele alvéolo. Portanto, uma “tumoração” dolorosa se forma na mama.

A causa exata do ducto bloqueado não está clara, mas pode ser resultado de roupa apertada, ou porque a posição da criança não permite que ela sugue eficientemente aquela parte da mama.

Como evitar o ducto bloqueado?

Deixe o bebê sugar até o completo esvaziamento da mama. Caso isso não ocorra, proceda a ordenha manual ou solicite ajuda para o completo esvaziamento e demais cuidados.

Lembre-se, as orientações básicas sobre a amamentação já devem começar na gestação, principalmente, para mães de primeira viagem ou aquelas que já sofreram anteriormente com o aleitamento.

Temos um artigo sobre a importância de instruir-se e se preparar para a amamentação ainda na gravidez, acesse e saiba mais.

A consultoria materna, durante a gestação, é de suma importância porque vamos ajudar a futura mamãe sobre diversos aspectos que ela vai se deparar logo após o nascimento do bebê. Ela vai entender, por exemplo, sobre as técnicas de posições corretas para amamentar, a pega ideal da boca do bebê na mama, como hidratar e cuidar dos mamilos, entre outros.

Mastite ou inflamação da mama

O acúmulo de leite sem a ordenha de alívio pode facilitar o início da mastite, que é facilmente diagnosticado como mamas quentes, dor, febre e na palpação, pode sair pus. Esse problema é mais comum na segunda ou terceira semana, depois do nascimento do bebê.

Como evitar a mastite?

A livre demanda seria o melhor método para evitar a mastite, pois assim é certo que as mamas serão esvaziadas por completo. Se o bebê não esvaziar as mamas, tente extrair o leite com a ordenha manual.

Não esqueça de solicitar ajuda para o processo de esvaziamento com a ordenha manual e demais cuidados em relação à saúde das mamas e à higienização e armazenamento do leite.

Fissuras ou bico do peito rachado

As fissuras do mamilo são decorrentes da má posição da criança em relação à mama, do número e duração inadequada das mamadas e, principalmente, da técnica incorreta de sucção. Também há outras questões como problemas com a anatomia do bico que pode ser plano ou invertido.

Existem procedimentos muito assertivos que resolvem o problema de mamas que não tem o bico para fora, possibilitando uma amamentação de sucesso. Para resolver, entre em contato com a Mommy’s Angel, em um de nossos canais, que podemos ajudar através da laserterapia mamilar.

Outro fator, não menos importante, é a falta de preparo da mama antes do bebê nascer, ou mesmo, durante a amamentação. É importante que você hidrate seus mamilos com o próprio leite materno (sem uso de cremes artificiais) e que tome sol nos seios, ao menos, 15 minutos por dia. Isso vai ajudar a fortalecer os tecidos mamilares e evitar rachaduras e machucados.

Gostou desse artigo? Então compartilhe com as mães que você sabe que estão sofrendo para amamentar.

Lembre-se: amamentar é uma dádiva e não um suplício. Se alguma coisa está errada, se você está sentindo dor ou desconforto para amamentar, vai precisar de ajuda de um profissional para descobrir o real motivo e tratar o problema o quanto antes.

Não desista de dar o peito ao seu bebê, tente descobrir a causa do problema e resolva! Seu filho (a) merece ser nutrido com o bem mais precioso da natureza!

Artigos Relacionados

Tipos de mamilos e amamentação

Mommy´s Angel

Coronavírus: mães devem parar de amamentar nestes casos?

Mommy´s Angel

Variações de mamilo. Você sabia que existem diferentes tipos de mamilos?

Mommy´s Angel

Deixe um Comentário